segunda-feira, 9 de julho de 2012

BELO CASAL


Distraídos passeando,
um lindo casal,
de mãos dadas,
irreverente aos beijos,
na inocência do amor,
nada viam,
há não ser a si mesmos,
na compreensão,
na razão de que ama,
seus destinos se juntavam,
enamorados,
felizes, naquela paixão,
refreando apenas o prazer
sexual, aturdidos,
se guardando,
com temor,
na inexplicável ventura,
deste interminável,
AMOR!

MENDUIÑA



Google+ Followers