segunda-feira, 27 de junho de 2011

ANGEL MAG HOMENAGEADA DO MES DE JUNHO













Scraps e Scraps - scraps que tem vida














 Angel Mag
         Claudio Poeta


Ser uma mulher, não lhe bastou.
Ela quis mais.
Precisava de mais!
...Em amor mergulhou.
Entregou-se à poesia...
Assim, descobriu sua harmonia,
Seu combustível,
Que a mantém em um plano,
Bem mais sensível,
Só acessível,
Aos que creem no incrível...
No improvável!

No imponderável!

...Na viabilidade do impossível!

Com uma devoção explícita,
Apaixonou-se pela vida...
Segue seu caminho,
Distribuindo versos com carinho!
Na medida do possível,
Com consciência,
Para manter a consistência,
Reveste-se de alegria
E paixão...
Exatamente como deseja,
Pelo que se empenha,
A imensidão. 








"GRANDE ANJO
Rita Sovatti


Angélia aurora, hoje lhe digo,
das angelinas têm o bouquet os versos seus.
Não menos o aroma das flores da Angélica
e das violáceas pétalas do Angelim.
É majestosa e de grande importância.
Magistrae, de escritas de mestre,
Magnissonantes como o Magadi.
Hoje é magíster, que nos dirige.
Guiam e conduzem-nos, os passos seus.
Cantem-se Ângelus à Magya (Maia),
como cantada foi por de Ceos."


Minha homenagem para a querida amiga ANGEL MAG:










    "ANGEL MAG".
                      (Jamil Luz)


           
A'lma de bom coração,
    
N'a sua bela poesia,
           
G'oteja amor e afeição,
                    
E'mpregando suma alegria.
                    
L'ibera carinho no adverso,

                           
M'ostrando uma forte emoção,
                            
A'trelando paixão no converso,
                                 
G'ozando de máxima inspiração...








ANGEL MAG
Minha senhora
Este verso é para ti
És anja a toda hora
Porém shopping por aqui
Depois dessa vou embora
Perdão, mas não resisti.
DIJAVAN LUIS








"ANGEL MAG".

Transporta-nos muita paz,
em belas poesias,
o carinho e o amor que traz,
carrega-nos de alegrias."

                       
  Jamil Luz











À GRANDE POETA ANGEL MAG


Angel deixo aqui de presente pra voce, 
o mesmo que nos presentou na sua chegada... 
algumas belas trovas suas...bjuuu Luna




Encontrei um belo moreno
De olhar bem provocante
Seus beijos tinham veneno
Quase morri naquele instante!!
+
O teu olhar enfeitiçado
Tirou todo meu sossego
Fiquei tão apaixonado
Que só quero um chamego!!
+
Cai uma chuva fina
Penso em você com paixão
Amar-te é minha sina
É teu o meu coração!!



















Minha amiga Angel Mag

Como disse Voltaire "O esplendor da relva só pode mesmo ser percebida pelo poeta.
Os outros pisam nela.
E minha amiga e poetisa Angel Mag. tem na alma a sensibilidade de perceber a beleza não so na relva como também nas flores as estrelas o sol o vento.
Pois tira de cada um uma poesia
Um poema, uma mensagem.
O que nos enche de alegria e prazer em ler e curti sua magia.
Minha amiga obrigada pela alegria de compartilhar comigo, e com o nosso grupo seus encantos em forma de poema. Minha admiração por você já vem de algum tempinho. Você sabe disto... Minha homenagem e simples, mas veio do coração, da alma"
Um beijo e continue nos presenteando. Parabéns você merece todo nosso carinho!


 Helena De Paula Paula














A ROSA VERMELHA DO AMOR


Tu és a rosa vermelha do amor!
Que canta e encanta com a poesia,
Traduz os sonhos com esplendor,
Jogando as palavras com maestria.

És a poetiza que expõe sentimentos,
Nos teus versos profunda inspiração,
Rimas o amor em doces momentos,
Transpiras o talento com a emoção.

Escrever é a arte da tua criação,
Sonhar faz parte dos teus anseios
Vivencia ternura com intensa paixão,
Navegas na fantasia e nos devaneios.

Autora: Dilce Toledo










Por Luna Di Primo


Poesia de Claudio Manuel da Costa


Patrono da cadeira número 8 da ABL (Academia Brasileira de Letras), Cláudio Manuel da Costa é considerado um dos maiores poetas brasileiros do período colonial
Contemporâneo da Arcádia Lusitana, Cláudio Manuel da Costa foi um poeta de técnica apurada, um escritor que procurou equilibrar a sua forte vocação barroca ao estilo neoclássico. O poeta mineiro também introduziu, em seus textos, elementos locais, descrevendo paisagens e expressando um forte sentimento nacionalista.
Participante da Inconfidência Mineira



SONETO

Leia a posteridade, ó pátrio Rio,
Em meus versos teu nome celebrado;
Por que vejas uma hora despertado
O sono vil do esquecimento frio:

Não vês nas tuas margens o sombrio,
Fresco assento de um álamo copado;
Não vês ninfa cantar, pastar o gado
Na tarde clara do calmoso estio.

Turvo banhando as pálidas areias
Nas porções do riquíssimo tesouro
O vasto campo da ambição recreias.

Que de seus raios o planeta louro
Enriquecendo o influxo em tuas veias,
Quanto em chamas fecunda, brota em ouro.














ANGEL MAG

Siga os caminhos da flores ,
Cuidando jardim de versos,
Borboletas enfim...

Se choram as nuvens,
Passeia na chuva,
Sorriso rubro nos lábios...

Transborda com tua poesia !

Iluminandos os dias !

(Ana Lago de Luz)










                            ANGEL MAG

                      Antes devo dizer-te... Não a conheço... Mas...
                      Nada me impede de Reconhecê-la
                      Gloriosos Versos... Que entre a Paz!!!
                      Entre Palavras Mágicas... A Estrela
                      Leio-te com esmero... Diferença Faz!!!

                      Magnifico Ser Existente
                      Angelical??? Quem Sabe???
                      Gurdiã??? Talvez do Verso Resistente

                      Mais de Ti quero Saber... Conhecer!!!
                      Alma Pura??? Sensação que Advém dos Versos
                      Gritante!!! Impossível não Perceber!!!

                      Aluarado!!! Sou “EU” assim!!!
                      Não nego... Por tempos não apercebi
                      Grande!!! Mas um dia seus Versos chegaram a Mim
                      Então o Céu abriu-se... Um Presente Recebi
                      Letras!!! Versos!!! Rosa Flor Carmesim

                           Gutenberg de Moura








 Angel Mag


Angel no céu tu passeias
Passeias entre as estrelas
Daqui conseguimos vê-las
Entre amores que semeias!

És poetisa brilhante
De cantos apaixonados
Deixa-nos lisonjeados
Num poetar fascinante!

Rendo-te esta homenagem
Pelo encanto dos teus versos
De beleza em tons diversos
Numa suave plumagem!

Parabéns, poetisa!

 Ineifran Varão








Angel
por
Cida Moura

Angel merece nosso carinho
homenagem pouco seria
deixarei o meu presentinho
mas muito mais mereceria...

Minha sincera homenagem para ANGEL MAG










ANGEL MAG


Falar de ti oh! Doce anjo
Das letras que nos seduz
Diz até que nos conduz
A Lua diz que te reluz
O Sol que te encaminha
Nos quatros pólos
E nos diz a poeta chegou!
Abrem alas! Deixem-na,
Sua mente extravasar
E dizer do seu amor
Pelo vento e o mar,
O tudo que nela há
Do seu amor pelas
Letras que faz-nos
Apaixonar. 


MENDUIÑA

PARABENS MAG..... BEIJOS MILLLLLLLLLLLLLLLLLLL, NÃO COMA TUDO ...SIM?????

Chiquinha Menduina









ANGEL MAG

Angel Mag como eu vejo,
Como ensejo pra poema:
Alma linda de sobejo;
De fato, nada pequena.

Mãe da Ysa e Fabiana.
Crê em D’us com muita fé!
Luta, é forte... Eita gana!
Faz o Mal dar marcha a ré!

Ama flores, curte rosas
As primeiras pelas cores,
As outras que são cheirosas
E relembram-lhe amores!

Ela vê a natureza
Como dádiva de D’us.
Animais lhes dão certeza:
Merecem cuidados seus.

Angel Mag é menina
Nesse corpo de mulher.
Linda de fato essa sina
Só não vê quem não quiser.

Ronaldo Rhusso
 
 

ANGEL MAG

A ti ofereço esses versos
Nascidos da inspiração
Germinado pela emoção
Exposto ao todo universo
Liberado pelo coração.

Mestra sensível da poesia
Autêntica com sabedoria
Graciosa, amiga da alegria.
 

Uma simples homenagem
Com muito carinho.
Beijos 
 
Dilce




ANGEL MAG
  

 Flor vermelha de paixão
           Nos versos reverencias o amor
Enfeitiças o leitor
           És um anjo? Bruxinha sapeca?
                 - Não! És Angel Mag, poetisa Flor

Marina Menina









ANJO MAGISTRAL
MIMO A ANGEL MAG

Anjo magistral
Tens o lindo amor de um poema
Estampado no teu rosto angelical
Quando sorri com linda boca tão pequena

Os teus cabelos são pétalas da primavera
A balançar no coração de um poeta
Enfeitam os sonhos poetisando as quimeras
Deixando as almas entristecidas todas em festas

Angel Mag; Deus te fez anjo, em forma de uma flor
E te pôs no campo com perfume de amor
Com uma gota do seu sangue te deu cor
E fez pulsar no coração seu lindo amor

Quero deixar para você um lindo beijo
Nesta pálida homenagem de amigo
Tu és o anjo que procuro e não vejo
Para ser à flor do meu simples paraíso

                Joaquim Gomes
                     01/07/2011











ANGEL

Luna



La no ceu tem uma estrelinha

A iluminar a menina anjo

Desde bem pequenininha



Uma dádiva lhe concedeu

Para sua vida alegrar

E no seu versejar excedeu



Como poeta a menina canta

Em seus versos delicados

Linda mensagem que encanta



A menina encantada cresceu

Cada verso com carinho escreveu

E no mundo da poesia apareceu



Na renomada Angel Mag se tranformou

Grande poeta que o ceu nos enviou

 Luna Di Primo









PARABENS ANGEL E OBRIGADA PELO CARINHO SEMPRE DEDICADO A NOS... SEJA SEMPRE ESSA PESSOA CARINHOSA E AMIGA, SEMPRE A ACOMPANHAR OS AMIGOS NAS ESTRADAS DA POESIA E PRINCIPALMENTE: NAO DEIXE QUE NINGUEM MATE SUA POÉTICA QUE É LINDA E RECHEADA DE TALENTO. bjuuuuuussssssss nossos



AGRADECIMENTOS
DE
ANGEL

Angel Mag


O carinho dos amigos é o calor mais gostoso que existe, não tem coisa melhor quando a gente está meio pra baixo e um amigo chega para animar, isso nos dá novo fôlego... 
Obrigada poeta Esmeraldo. 
Bjs em seu coração... Angel.


O POETA...


Bosco Esmeraldo,  é um amigo
Muito solícito e dedicado
A quem  precisa de seu abrigo

Bosco Esmeraldo, é um amigo
Capaz de enfrentar o perigo
Para defender o seu legado

Bosco Esmeraldo, é um amigo
Amoroso, Inteligente e esforçado!!




Obrigada poeta Esmeraldo,
 seu apoio tem me ajudado muito,
 sua amizade é especial...
 (Angel Mag)









CLAUDIO POETA


Procurei entre os poetas
Um que falasse com a alma
E deixasse o coração transbordar
Que falasse dos sentimentos
Através dos olhos
E que expressasse toda
A grandeza da poesia
Com palavras simples e
Direcionadas ao coração

Ele tinha que ser forte,
Mas ter a leveza da alma.
Voar alto como águias
Em busca de inspirações
E ao mesmo tempo escrever
Sem muito esforço
Pois a própria inspiração
Faz nele morada
Tinha que escrever poemas

Que viesse da alma
E de fácil entendimento
Encontrei um tomando
Um belo banho de sol
Numa praia da Bahia
Lá estava Cláudio Poeta
Se inspirando na natureza
Com a paisagem onde ele vive
É impossível não se inspirar!

Obrigada meu querido amigo por seu carinho.
Sua amizade é fundamental em minha vida...

Angel Mag








RITA SOVATTI!!

A querida Rita Sovatti
Eu dou-me a conhecer
Sou anjo? Não, sou mulher.
Que chora, sorri e sonha.
Como tantas outras
Menina? Ás vezes...
Um pouco rebelde talvez
Mas trago no peito
Um amor manso e sereno
Capaz de abranger
E contagiar quem
De mim se aproxima
Poeta? Não, sou teimosa.
Estou aprendendo
Meus anseios?
Viver um grande amor
E um dia quem sabe
Ser plena de felicidade!!!

Querida Rita, que prazer poder contar com sua terna amizade.
Quem disse que para ser amigos é preciso olhar nos olhos?
 Basta eu saber que vc está aí, isso já me faz feliz.

Muito prazer em te conhecer!!!

Beijos da amiga Angel Mag







Ao querido poeta Gutemberg de Moura, muito obrigada por seu carinho. É um prazer imenso receber tão linda homenagem tecida por suas mãos. O carinho dos amigos é algo grandioso, é uma emoção sem medidas que toma conta do meu coração. só posso agradecer do fundo de manha alma. Bjs carinhosos poeta Gutemberg... Angel Mag







 


ANA LAGO DE LUZ!


ANA no teu LAGO reflete a luz do luar
Onde os enamorados se DEleitam
E a felicidade vive a reinar

Os teus olhos têm o fulgor das estrelas
E brilham como as águas cristalinas
Do teu lago transparente

És a LUZ a iluminar na escuridão

O teu carinho comoveu meu coração!!


Aninha, receba esses meus humildes versos como
agradecimento por seu carinho tão lindo....
Muito obrigada minha amiga.


Sua amizade é tudo de bom... Angel Mag










HELENA DE PAULA

Helena...
 "TOCHA, LUZ, LUMINOSA".
Divinamente esplendorosa
Entre as mulheres tu és formosa
Como poetiza tua missão é gloriosa

Trás na alma a poesia
Transforma letras em magia
Sua meiguice contagia
É suave como à melodia

Canta em versos seu amor
Se triste sorri e esconde dor.
Exala o perfume da flor
Ao desabrochar no seu esplendor

Como mulher irradia beleza
És bela por natureza
Poeta de real nobreza
Toca a alma com sutileza

É forte como uma felina
Singela como uma menina
Poderosa, mulher que domina.
Tem na alma a beleza que fascina!!


Obrigada minha linda amiga.
Contar com sua amizade é a minha recompensa
 por fazer parte desse grupo.

Muito obrigada por seu carinho... Angel
...
Apresento aqui em tua homenagem HELENA, tua primeira postagem no RL,
Desde o principio vc mostrou que traz o talento  nas veias.

Lindo poema, parabéns

A POESIA ESTÁ DENTRO DE NOS,
Por Helena  de Paula
A poesia está dentro e nós.
Em cada coisa ou lugar, as vezes nem a vemos
Apenas sentimos, é só caminhar numa tarde
Na praia, sentir a brisa leve te tocar...
 Sentir o cheiro do mar;
Ver a dança das ondas num constante vai vem...
Ou ver uma gaivota voar.
E sentar numa noite estrelada,
olhar o firmamento e apenas contemplar
A poesia é magia, que te envolve, te enlaça,
 te abraça não precisa fazer
 nada apenas sentir.
Ela estará sempre dentro de nós .
Poesia é ouvir...
Ouvir o som dos ventos.
  Ouvir o som dos rios ,das florestas
.Sim, já ouviu o som da floresta?
Não? Preste bem atenção no canto dos pássaros  
,no vento, nas arvores.
 E o som da chuva.?
Poesia é olfato, é o cheiro de terra molhada,
e também o cheiro da chuva.
Já sentiste o cheiro da chuva?
Poesia é admirar!
Pegue a flor mais singela que seja e admire.
Veja as cores os detalhes e pergunte:-
Quem dos mais sábios dos homens
seria capaz de matizar com tamanha perfeição.
Poesia é sentir o toque da mão de Deus em tudo que nos cerca .
Poesia é amor..
Poesia é amar...



Helena de Paula








BACANAL EM TOM MENOR!


Em volta da anja sensual e pura-não puta*.
E os elfos vibram de alegria
Na sensação de nostalgia
Das vozes - uníssono em labuta

Um cântico jovial
Ecoa em torno da fêmea do desejo
Seres mitológicos saltam de contentamento
Enquanto a deusa melancólica chora de prazer
No combate do gozo real

O tom menor se amputa*
Em torno do encantamento
Para a nova melodia nascer
Nasceu antes a labuta
E veio uma harmonia sem igual

E nasceu uma melodia envolvente
No tom menor de puro prazer
Onde os deuses dançam eloqüentes
E invocam os seres celestiais
Em pura orgia e prazeres!!



(Angel Mag)                  (Dija Darkdija)

Obrigada por seu carinho Dija.

Na sua simplicidade você sabe como tocar o coração das pessoas.
Lembra do dia que vc me convidou  
para fazermos um dueto juntos?
Pois é... 
Saiu essa beleza de poesia
que só podia ser criada se fosse junto com você.

Obrigada pela imensidão da sua amizade...
Angel Mag
 
cont...

Google+ Followers