quarta-feira, 13 de março de 2013

13 de março de 2013 E VIVA O PAPA


Eu nada sei
Só sei que sei
É muita grana
O povo em gana
...Morre de fome.

E sei também
Não é desdém
Quem escreveu
Bíblia e leu
...Não passou fome.

Haja dinheiro
Para celeiro
A pompa é cara
O mundo encara
... Pra ditar nome.

Muita riqueza
Tanta pobreza
Pra vida tesa
Nada na mesa
...A vida some.

Não há sentido
Feito torcido
Cada um por si
Em sonho vi
...Livre da síndrome.

Não disse Cristo
Pra fazer isto
Manter poder
E outro sofrer
...Porque não come.

Grito contido
Crescer vencido
Homem escravo
Cheio de agravo
...E mão carcome

Religião
De coração
Devia ser
Salvar o Ser
...Alma do home.

VIVA O PAPA
Que sem escapa
Segue esse rito
É mais um mito
...De sobrenome.





POEMA VARANO FAÇA VOCÊ TAMBÉM

Google+ Followers