quarta-feira, 24 de outubro de 2012

LONGA NOITE

Despojada de minhas certezas, recolhi-me ao desencanto,
Nem podia chorar a Lua ofusva minha alma,
Acanhada ali sentada, solitária,
Só pensei em ti,
Como te amo assim

MENDUIÑA


Google+ Followers