segunda-feira, 3 de setembro de 2012

PERDÃO SENHOR

PERDÃO SENHOR

Senhor não sou digna de falar contigo,
muitas vezes me perdi de ti, andei sem rumo, mostraste-me a beleza da vida...
eu cega, incrédula não dei atenção...
olhei a natureza em seu esplendor...
não me importei... apenas te chamava...
Perdoe-me PAI ! Por tantas vezes esquecer-me de ti
segura-me em tuas mãos fortes...
amparada por ti te glorificarei, então sararei,
dá-me a força perdida, o alento escondido,
o amor desprovido,
quero te AMAR mais e mais...
mostra-me os caminhos teus,
tira-me deste vazio
assim serei tua SERVA de verdade.

MENDUIÑA


 

Google+ Followers