domingo, 8 de julho de 2012

FADA, LUNA, LUA





Vives no limiar do sonho e da realidade
Povoas os recônditos do meu ser
Encenas um sutil olhar de mito legendário
E ao mesmo tempo realizas todo o meu viver!...
Não sei se te imagino humana ou ilusória,
Porquanto escreves entre humanos mil histórias
E entre as estrelas o teu brilho resplandece...
Do fundo de tu’alma vem o amor e aflora
Tomas meu coração com jeito e com leveza
E beijas minha boca e por amor me imploras...
Ao transportar-te para mim tua luz me revigora
Misto de humana, fada, Lua e Natureza
Viras de novo humana e em toda tua beleza
Vens e me amas, me possuis e me devoras!
Eu não concebo outra existência, sem estar contigo,
Pois quando chegas trazes vida em esplendor
Inundas tudo em volta com magia e sedução
Conquistas o mais duro e rude coração
Pois que a magia nos instiga com fervor
E se pensar em te tocar for meu intento
Enches-me de vigor, pois que tu és meu alimento,
E então te elevo até aos píncaros do desejo
E coroando nosso amor com tantos beijos
Para viver todo o prazer sem mais pudor
Tomo-te no aconchego de um longo abraço
E nos amamos, nos amamos...
Até chegarmos ao cansaço
Nesse eterno, lindo e verdadeiro amor!...


Google+ Followers